AFLITOS

As contratações do Náutico para 2003 continuam indefinidas. Os nomes dos jogadores indicados pelo técnico Givanildo Oliveira estão nas mãos do diretor de futebol Adelson Wanderley. A maior dificuldade é a financeira. Ontem à tarde, em sua sala na sede do clube, nos Aflitos, o dirigente argumentou que poderia ter fechado negócio com quatro atletas, mas argumentou: “Todos estão acima da política financeira do clube. Não posso contratar para depois não termos condições de pagar os salários.”

O zagueiro Márcio Goiano, por exemplo, não vem mais defender o bicampeão alvirrubro. Ele acertou a renovação de contrato com o Figueirense, pois o Náutico não teve como superar a proposta do clube catarinense. O mesmo ocorre com o zagueiro Tinho, que vai renovar com o Paysandu.

DOZE JOGADORES – No momento, o Náutico só dispõe de 12 jogadores, entre eles três goleiros – Gilberto, Rodolpho e Marcelo Valença (único contratado até agora). Os demais são: Kuki, Cláudio, Fábio, Adílson, Paulo André, Almir, Rodrigo Gama, Luciano e Sílvio.

Na corrida para montar o elenco, Adelson Wanderley ainda tenta a renovação do contrato do atacante Júnior Amorim e do zagueiro Érlon. Os laterais Edu Silva e Rubens também estão no processo de reforma contratual.

“Os entendimentos estão sendo mantidos, mas não posso garantir que os contratos serão renovados. Posso adiantar que há boas possibilidades”, explicou Adelson.

Já o preparador físico Wellington Vero deve acertar seu contrato hoje. Caso contrário, voltará a trabalhar no Paysandu.

JUNIORES – O time de juniores do Náutico faz um jogo-treino contra o Botafogo de João Pessoa, amanhã, no Centro de Treinamento Wilson Campos. O jogo começa às 15h e serve como preparação para a Copa São Paulo de Juniores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


5 + = 7

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>