COBRANÇAS

O diretor André Campos se revoltou com as cobranças do técnico sobre as contratações que ainda não foram feitas. Ele não gostou do treinador ter desabafado sobre o assunto com a imprensa

O clima entre o colegiado de futebol do Náutico e o técnico Heriberto da Cunha está tenso. Tudo por causa das contratações. O diretor André Campos, ex-presidente, não gostou nem um das cobranças do treinador. O dirigente foi bastante duro nas entrevistas de ontem à tarde, nos Aflitos. Ele falou das dificuldades financeiras do clube e bateu forte. “Nós gostaríamos de ter como técnico Osvaldo de Oliveira, Wanderley Luxemburgo ou Muricy Ramalho. Mas não podemos e contratamos Heriberto.”

André Campos ainda afirmou que o treinador não deveria ter usado a imprensa para fazer cobranças. “O melhor é esclarecermos tudo. Todos os jogadores contratados até o momento (Perdigão, Sérgio Soares, Bruno, Marcos Lucas e Marco Aurélio) foram de comum acordo com o treinador. Outros atletas não vieram por causa das nossas dificuldades financeiras.”

Na sua resposta ao técnico, André Campos destacou que Macedo não veio porque o próprio Heriberto pediu para a diretoria suspender as negociações e aguardar. O mesmo ocorreu com Adrianinho e Leo, ambos da Ponte Preta, além do atacante Flávio, este por desistência do treinador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


+ 3 = 6

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>