JULGAMENTO

Diretoria alvirrubra acredita que pode recuperar os três pontos da vitória sobre o Joinville, quando o jogador Marcos Lucas atuou irregularmente

O Náutico aguarda o julgamento do recurso do Caso Marcos Lucas, hoje, às 18h30, no pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). No dia 26 de abril, o Alvirrubro venceu o Joinville por 4×3, nos Aflitos, na abertura do Campeonato Brasileiro da Série B, mas Marcos Lucas jogou com a documentação irregular, pois o seu nome não havia sido publicado no Boletim Informativo Diário da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O clube catarinense entrou no STJD e a Comissão Disciplinar por quatro votos a zero tirou os três pontos do Alvirrubro.

O Náutico ocupa a 11ª colocação, com 19 pontos, depois da vitória do Ceará (3×1) sobre o Remo, anteontem. O time cearense, passou a somar 22 pontos e é o quinto colocado. No caso de vencer no pleno do STJD, os alvirrubros passam a dividir a quinta posição com o Ceará. Para alcançar esse objetivo, o advogado do clube, Ivan Rocha, vai alegar que foi a CBF que comunicou a regularização de Marcos Lucas. O diretor de futebol, Sérgio Lins, acredita que seu clube poderá reaver os pontos. “O erro não foi nosso. A Comissão Disciplinar que julgou o caso não levou em conta as nossas preliminares e a falha da CBF. Acho que no pleno vamos ter os nossos pontos de volta e retornaremos ao grupo dos oito.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


5 + = 11

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>