OCTOGONAL

O Náutico é o favorito para o jogo de hoje, às 20h30, contra o Petrolina, nos Aflitos. Na partida de ida do octogonal do terceiro turno, os alvirrubros venceram por 3×1, em Petrolina. Hoje, o time do técnico Heriberto da Cunha pode até perder por dois gols de diferença e mesmo assim estará no quadrangular final do turno, pois teve melhor campanha geral no Campeonato Pernambucano em relação ao adversário.

Heriberto da Cunha não quer falar em favoritismo. “Quero seriedade. No futebol existe a chamada zebra e não queremos ser surpreendidos”, disse o treinador.

Três jogadores não disputam o Pernambucano porque foram contratados depois do prazo final para as inscrições (17 de abril). São eles o goleiro Edervan, o meia Juliano e o volante Pires. Já o atacante Júnior Ferrim atuou pela AGA nos dois primeiros turnos e não pode mais jogar na competição. Outros atletas também estão fora da partida de hoje. O volante Adílson foi suspenso pelo TJD, e o lateral Marcos Lucas, tomou o terceiro cartão amarelo. Já o volante Perdigão se recupera de uma lesão.

Apesar de tantas ausências, a dúvida do treinador é apenas em duas posições da defesa. O lateral-direito Marco Aurélio levou o terceiro cartão amarelo diante do Paulista, em Jundiaí, pela Série B do Brasileiro e não enfrenta o CRB sexta-feira. Por isso, Heriberto da Cunha pode colocar Emerson Cafu para lhe dar ritmo, pois ele enfrentará os alagoanos. Na zaga, o treinador pode promover a volta de Érlon no lugar de Sílvio. Já Esquerdinha está confirmado no lugar de Marcos Lucas e Rodolpho substitui Edervan.

Ontem à tarde, devido às chuvas, o treinamento dos alvirrubros, nos Aflitos, realizou-se no ginásio. Marco Aurélio, Sérgio Soares, Jean Carlos e Edervan não participaram. Eles foram liberados para ficar em São Paulo após o jogo com o Paulista e só chegaram após as 17h (ontem) por atraso de vôo.

Garantido no time, o atacante Kuki, artilheiro isolado do Campeonato, com 14 gols, resumiu o pensamento do grupo. “Estamos superando todas as dificuldades. Não podemos dar moleza. Respeitamos todos os adversários e vamos jogar com seriedade diante do Petrolina.”

PETROLINA – Com a árdua missão de ter que vencer o Timbu por três gols de vantagem, não resta outra alternativa ao Petrolina a não ser atacar os donos da casa em busca dos gols. O técnico Ambrósio Rodrigues repetirá a equipe do confronto passado e poderá utilizar o atacante Gildenor no decorrer do jogo. Ele está recuperado de contusão. Os petrolinenses acreditam que o Náutico vai entrar em campo mais ‘relaxado’, por causa da boa vantagem e por estar mais concentrado na Segundona.

Náutico – Rodolpho, Marco Aurélio (Emerson Cafu), Bruno, Sílvio (Érlon) e Esquerdinha, Sérgio Soares, Wílson Surubim, Yan e Jean Carlos, Jorge Henrique e Kuki.

Petrolina – Clodoaldo, Parral, Williams Petrolina, Maurício e Maxwell,Suellington, Mário Sérgio, Erivélton e Pio, Valterci e Ferrugem.Técnico: Ambrósio Rodrigues.

Local: Aflitos. Horário: 20h30. Árbitro: Patrício Souza. Assistentes: Jossemmar Diniz e Júlio César. Ingressos: Futebol Solidário. Arquibancada R$ 11,00, sócio e estudante R$ 6,00. Após às 14h R$ 13,00 e R$ 8,00. Preliminar: Náutico x Central (juniores), às 18h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


− 3 = 1

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>