SÉRIE B

Hoje à tarde, um jogador em especial sentirá, pela primeira vez, a emoção de vestir a camisa do Náutico. Depois de amargar a reserva do Guarani/SP por um bom tempo, o goleiro Edervan foi contratado pelo Timbu este ano, mas continuou sem jogar por causa de problemas com a sua documentação. O atleta teve que esperar 20 dias para estrear.

“Claro que todo mundo sente um frio na barriga nas vésperas de qualquer estréia. Mas quando a bola rola a gente esquece de tudo isso e só pensa em ajudar o time a conquistar os três pontos”, explicou o goleiro.

Neste tempo todo em que esteve só treinando sem poder atuar, o goleiro alvirrubro pôde sentir o calor da torcida, assistindo às partidas do time das cadeiras dos Aflitos.

“Vai ser uma responsabilidade que todo jogador gosta de ter. Vou fazer a minha primeira partida, mas já vi que jogar nos Aflitos é muito bom. A torcida comparece em massa e apoia o time do início ao fim do jogo”, complementou Edervan.

A confiança de Heriberto da Cunha no atleta é tamanha que substituirá a Gilberto, bicampeão pernambucano. “Vou sentir um pouco no começo da partida por causa do tempo que fiquei parado, mas isso é normal e passa com a seqüência de jogos”, explicou.

A última vez em que o atleta debutou vestindo a camisa de alguma equipe, acabou se dando bem. Quando estreou pelo Bugre, o jogador enfrentou o Atlético Paranaense e os paulistas levaram a melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


− 4 = 1

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>