Cleber Queiroga

“Estou confiante da subida do Náutico a Série A”

Por: Rafael Alves, Equipe NauticoNET – Foto: Arquivo

Confira a entrevista feita pela Equipe NauticoNET com o preparador físico Cleber Queiroga.

NauticoNET – É notório que a equipe do Náutico está com seu preparo físico 100%. A que você credita esse trabalho tão bem feito por parte de você e Guilherme?

Cleber Queiroga – Graças à Deus nossa equipe está realmente bem preparada fisicamente e com muito “gás” para dar nessa reta final. Isso é o fruto de um trabalho de periodização bem feito, onde desde o início do campeonato calculamos bem as cargas de trabalho para que a equipe chegasse a esse nível que se encontra hoje, respeitando as individualidades de cada atleta e os devidos períodos adequados de recuperação dos mesmos.

NauticoNET – Em uma entrevista, Kuki citou que não irá ter férias para trabalhar junto aos preparadores físicos do clube. Como você está encarando de trabalhar nas férias para deixar o baixinho com condições de jogo para o pernambucano de 2006?

Cleber – É verdade. Desde já começamos a periodizar o trabalho de Kuki para 2006. Inicialmente ele já começou a trabalhar fisicamente com o nosso Fisiologista Oscar, com cargas de trabalho mais baixas e enfatizando o sistema aeróbio do atleta, levando em consideração a previsão de volta aos gramados feita pelo médico que o operou. Porém, e para nossa surpresa, Kuki vem se dedicando muito aos treinamentos e com isso vemos que não teremos problema algum para deixá-lo bem, e até mesmo, para a realização de treinamentos no período de férias.

NauticoNET – Quando você se formou em educação física, já tinha o intuito de trabalhar no futebol?

Cleber – Já. Sempre sonhei e me dediquei a estar onde estou agora. Joguei muitos anos (12) Futsal, e três anos Futebol, sempre estive ligado de uma forma ou de outra ao futebol, e assim que me formei em 1999, agarrei a primeira oportunidade para iniciar minha carreira nessa área, inclusive fiz questão de me especializar em Preparação Física, mesmo já estando trabalhando como Fisicultor. Trabalho acima de tudo, com amor, com o grande prazer de quem está se realizando a cada dia nessa função, e no Náutico estou bastante feliz, pois temos um grupo maravilhoso, uma comissão técnica bastante competente, e um clube que acolhe a todos com bastante carinho.

NauticoNET – Desde que você assumiu o preparo físico da equipe junto a Guilherme, Qual foi seu maior desafio?

Cleber – Acredito que nosso maior desafio ainda está se concretizando, que é terminar este excelente trabalho no ano de 2005 com o Náutico na primeira divisão. Esta será uma alegria incomensurável, e que ficará registrada em nossa memória, tornando assim esse desafio também parte da história do Náutico.

NauticoNET – Na sua opinião, porque Juninho Petrolina não teve condições de mostrar seu futebol no Náutico?

Cleber – O Juninho passou por sérios problemas de contusões e isso prejudica qualquer atleta. Além de atrapalhar no seu condicionamento físico, por conta dessas contusões, ele não conseguia ficar 100% bem de uma forma geral para mostrar seu verdadeiro futebol.

NauticoNET – Quando você estreou na equipe profissional, o que passou pela sua cabeça devido a grande responsabilidade?

Cleber – Na verdade antes do náutico, já tinha estreado em categorias profissionais no Sport, AGA e Central. No Náutico, passou a responsabilidade de contribuir no meu máximo, sobre todos os aspectos para vencermos o Brasileiro da Série B, e tinha essa convicção comigo, pois sabia da nossa competência, e por que a diretoria nos deu credibilidade para que Guilherme e eu fizéssemos esse trabalho sem ter que vir um outro Preparador Físico, apostando na casa. Isso foi bom, pois hoje podemos mostrar que somos tão competentes quanto qualquer um que aqui chegue.

NauticoNET – Além de parceiros no trabalho, você e Guilherme são parceiros na vida pessoal?

Cleber – Com certeza, Guilherme além de ser um excelente profissional, é também um grande amigo. Na verdade nossa amizade vem desde a época do futebol de salão, quando ele foi meu treinador por um campeonato quando jogávamos no Bandepe. Hoje em dia temos um relacionamento de confiança e de companheirismo, pois quero o seu sucesso da mesma forma que desejo o meu, e o que eu puder fazer para ajudá-lo nessa caminhada estarei a disposição como amigo e acima de tudo como profissional.

NauticoNET – Mesmo sendo novo, você tem um currículo bastante extenso. Qual seu currículo completo?

Cleber – Me formei em 1999 e em 2000 iniciava minha carreira no Sport. Trabalhei 8 meses nas 3 categorias, me firmando nos juniores em 2001, onde fomos campeões pernambucanos naquele ano. Nesse mesmo ano, fui com o profissional realizar a Pré-temporada para o Brasileiro da série A em João Pessoa e fiquei sendo o Personal de Juninho Pernambucano antes de sua ida para o Lyon da França. Sai em Novembro de 2001 e fui para o Profissional da AGA em 2002 onde conquistamos a 4ª colocação do campeonato. Em 2004 fui para o Central de Caruaru onde fiquei até Abril, quando fui convidado pelos diretores da base a assumir a Preparação Física dos Juniores e a Coordenação do Departamento Físico da Base. Fomos Super-campeões juniores em 2005, quando Guilherme no final do Pernambucano me convidou para auxiliá-lo no profissional.

NauticoNET – No dia-dia do futebol, se fazem muitas amizades. Quais amigos que você conheceu através do futebol que marcaram para você?

Cleber – São tantos, que talvez se começar a citar o nome de todos aqui, não caberiam nesta entrevista, ou seria injusto por esquecer de alguém, mas sou realmente grato ao futebol pois ele nos proporciona grandes amizades nas quais até hoje trago comigo com muito carinho.

NauticoNET – Você acessa nosso site para obter informações do clube?

Cleber – Não é por que trabalho no Náutico que busco estar me mantendo informado sobre as novidades do nosso clube, mas por que como já falei, amo o futebol e sempre que posso tenho acessado e lido o site da Nauticonet, assim como os outros sites, pois sempre nos traz algo novo e interessante. Aproveito para parabenizá-los pelo site, que está de cara nova, e por este espaço que me foi dado. Agradeço de coração.

NauticoNET – Quando acessa, qual o serviço que você mais busca?

Cleber – Notícias, Entrevistas, Mídias, Vídeos, Por onde anda, Matérias especiais, entre outros.

NauticoNET – Para finalizar, quais as expectativas para a atual equipe no campeonato da Série B?

Cleber – São as melhores possíveis. Estou bastante confiante neste grupo que é diferenciado. Nosso técnico é extremamente competente e sabe cada virgula do que faz, tem o grupo na palma da mão e todos o apóiam de uma forma extraordinária. Estamos unidos verdadeiramente, e todos focados em um único objetivo, sermos campeões da série B em 2005. ACREDITO NISSO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


7 − = 3

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>