De Davi a Golias

Por: Newton Cerezini, Equipe NauticoNET

Dia 30/07/2005, Náutico e Sport se enfrentam na Ilha do Retiro, e em uma falta despretensiosa cobrada pelo Sport, a bola encobre o goleiro Rodolpho e vai parar no fundo das redes alvirrubras. Para muitos, inclusive eu, uma falha feia do goleiro do Náutico que me dava a certeza de não confiar nele para a proteção da meta timbu.
Criticado por grande parte da torcida ele machucou o ombro e foi para a fisioterapia de onde regressaria para se tornar um dos heróis da classificação
Timbu.

No gol agora Marcelo Pitol que chegou se achando muito e falhava jogo após jogo. Não estou dizendo que ele não fez algumas defesas que salvassem a gente, mas se percebia que tecnicamente ele não passava de um goleiro regular. Falhou muito até que no jogo contra a Portuguesa, nos Aflitos, ele deu o rebote para o meio da área, coisa que qualquer goleirinho de várzea sabe que não se pode fazer, e acabou dando a vitória para a lusa, naquele que era o jogo da nossa classificação. Sacado do time após nem mesmo o paciente Cavalo agüentar mais suas falhas, e fontes afirmarem que Mauri Lima o preparador de goleiro não concordava com a sua escalação.

Veio o jogo com a Portuguesa no Canindé e mais uma vez Rodolpho defende a meta timbú. Confesso que fiquei desconfiado mais uma vez e que não acreditava no futebol desse garoto. No jogo ele se portou bem fez algumas defesas importantes e mostrou segurança e deu tranqüilidade para o time conseguir uma importante vitória que só nos deixaria fora da próxima fase por um milagre.

Dia 08/10/2005 Náutico e Guarani se enfrentam nos Aflitos e a torcida ainda desconfiada com o goleiro confia na vitória do time que o classificaria matematicamente para a próxima fase da Série B. Começa o jogo e o Guarani se mostra melhor em campo, um cruzamento na área e uma cabeçada no ângulo e RODOLPHO se estica todo e coloca para escanteio. O tempo vai passando e RODOLPHO vai defendendo bolas incríveis. Ataque pela esquerda cruzamento o atacante sozinho para marcar pra frente da marca do pênalti ele bate e … RODOLPHO defende a bola sobra outro chute e RODOLPHO mais uma vez defende. Não acredito no que eu vejo. Cresce dentro de mim um negócio e quando me dou conta estou junto com a massa alvirrubra gritando RODOLPHO, RODOLPHO, RODOLPHO. O Náutico vence com um gol de Romualdo depois de bela jogada de Bruno Carvalho, e se classifica para a próxima fase da competição, graças ao nome do jogo RODOLPHO. Aquele mesmo goleirinho que era xingado pela torcida agora queima a língua de todos e mostra que tem condições sim de defender a meta timbú. Peço desculpas ao Rodolpho, e acho que ele está com crédito com a torcida alvirrubra agora e devemos confiar nesse garoto que deu a volta por cima e mostrou que ele pode ser baixo como o Davi, mas cresce como um Golias na frente dos atacantes adversários.

Valeu Rodolpho, obrigado por ter feito eu me calar e reconhecer que agora sim nós temos goleiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


5 + = 6

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>