E nos minutos finais saiu à vitória

Por: AlieNáutico

Recife, 10 de Fevereiro de 2008

Quem diria. O maior inimigo do Estadual deste ano do Náutico – o segundo tempo – ontem, foi o responsável por dar a vitória ao Timbu. A partida contra o Sete de Setembro era vista como fácil, por parte da imprensa. Questionar o tempo todo que o Náutico estava enfrentando o lanterna da competição e o time que não venceu ninguém ainda foi repetitivo por parte da imprensa. Engraçado que este mesmo Sete empatou com o líder do Estadual e já campeão pernambucano para alguns.

A partida não foi lá tão boa. Roberto não inventou e colocou peças certas. Só não entendi que danado Radamés fez o jogo todo na zaga. No primeiro tempo, o gol teimou e não entrou. Até que o Náutico tentou e dominou a partida, mas nada de conclusão. A torcida teve paciência e apoiou o time, até o apito final do primeiro tempo, quando parte aplaudiu, outros vaiaram.

No segundo tempo, mais pressão do Náutico e ainda bem que logo aos seis minutos, o gol saiu. E antes disso, escutei de um torcedor: “Roberto, tira Warley, que morto!” E né que foi de Warley o gol? Eu olhei para o lado e apenas sorri. O Náutico cresceu, mas não conseguia fazer mais gols. O Sete colocou uma bola na trave, que até meu dedo do pé se arrepiou. Aos 40, gelei de vez com a falha de Eduardo, coitado. Marconi que não tinha nada haver aproveitou e empatou. Deu vontade de entrar em campo e ajudar Eduardo a se levantar, mas Vagner me escutou e fez isso por mim. Valeu Vagner. A torcida parou. Ninguém acreditava. A fanáutico sim, não deixou o silêncio tomar conta das arquibancadas. Aos 45, falta para o Náutico. Tales se preparou para cobrar e falei para o vizinho: “Olha o gol.” E ele, “Esse Tales é muito ruim!” Foi ai que tive a certeza que sairia o gol. Dito e feito. Numa jogada ensaiada Tales lançou Vagner que cruzou para Felipe. Gol, amém!! Aflitos era só festa. Apito final. Que sufoco! Eu então, tava uma pilha. Nem deu tempo de pedir a meu vizinho para na próxima partida, ele começar a criticar mais cedo, para não ter tanto sofrimento!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


+ 2 = 4

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>