Kuki

Entrevista com KUKI

Depois de quase três meses parado, o atacante Kuki está pronto para voltar aos gramados. No Sábado(08/04), um dia depois que o Timbu comemora 105 anos, o baixinho irá vestir novamente a camisa número 11, em um amistoso que faz parte das festividades do aniversário Alvirrubro.

6,5 kgs mais magro, e em plena forma física, o atleta não ver a hora de voltar a alegrar a torcida do Náutico.

NauticoNET – Título mais importante da carreia?
Kuki – Todos são importantes. Mas o do Náutico de 2001, o campeão do centenário, foi muito marcante para mim. O clube estava há 11 anos sem títulos. O de Lajes também marcou, quando conseguimos colocar o time na primeira divisão gaúcha. Todos os títulos tem uma história.

NauticoNET – Qual o momento mais difícil da sua carreira?
Kuki – As lesões, sem dúvida nenhuma. A primeira, por nunca ter passado por uma cirurgia, e o segundo, por que foi logo em seguida, me deixou assustado.

NauticoNET – Em algum momento das contusões, você pensou em desistir?
Kuki – Nunca. De jeito nenhum. 

NauticoNET – É melhor estar jogando, ou ser um torcedor?
Kuki – Jogador, sem dúvidas. É muito ruim torcer. A aflição é grande, principalmente por que você não pode fazer nada. Eu fico muito nervoso.

NauticoNET – Qual sua expectativa para a volta?
Kuki – Volto no amistoso de Sábado. Eu estou muito animado. Não vejo a hora de poder voltar a jogar, a conviver com os outros atletas, até da concentração senti saudades! Há dois meses que estou treinando a parte física, quero entrar em campo o mais rápido possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


+ 9 = 10

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>