Não poderia ter sido mais perfeito

Por: AlieNáutico

Recife, 04 de Dezembro de 2007

Última rodada do Brasileirão. O Náutico se despede diante da sua torcida, enfrentando o Flamengo, classificado para a Libertadores e lutando pelo vice-campeonato. Amistoso? Que nada… O elenco alvirrubro queria vencer, mais do que nunca, para presentear o torcedor que sempre esteve junto com o time.

Aflitos lotado. A maioria esmagadora, claro de alvirrubros. A parte reservada para os flamenguistas, lotou. Caravanas de Sergipe, Maceió, João Pessoa e outras cidades do país ocuparam o espaço dos rubro-negros. Um dia de despedida e alegria. Um Náutico aliviado, tranqüilo, feliz e unido. E pela última vez, estes jogadores entraram em campo, vestindo a camisa alvirrubra. E desta vez, todos – titulares e reservas – de mãos dadas, foram até o meio do gramado e tiraram a foto que ficará para sempre, na história do clube.

A partida foi boa, bem movimentada. O Flamengo, não veio para brincar e muito menos fez corpo mole, como alguns meios de comunicação disseram, pelo fato de não aceitarem a derrota do time carioca. O que se viu foi um Timbu forte, ofensivo e buscando o gol. Diferente do adversário, que catimbou e bateu demais. E claro, contou com a “ajuda” da arbitragem, que foi muito fraca, mais uma vez, neste campeonato.

O gol só saiu aos 33 do segundo tempo, numa bela jogada de Ferreira que passou para Sidny. O lateral garantiu não só o gol, como a vitória do Alvirrubro. O caldeirão ferveu de vez e a torcida não se calou. Com o apito final, a festa tomou conta do estádio. E num bonito gesto, os jogadores fizeram questão de ir ao encontro dos torcedores, de baterem palma e agradecerem pelo apoio recebido sempre. E a recíproca foi verdadeira. Era difícil encontrar um torcedor que não estive aplaudindo o grupo. Neste momento, meus olhos encheram de lágrimas. Pela situação; e principalmente pela saudade que este elenco vai deixar nos Aflitos. Um grupo mais que unido, esforçado. Mas, futebol é isso. Todo ano é assim. Uns vão, outros ficam. E para os que se despediram ontem, parabéns e boa sorte! Para os que vão continuar, parabéns e sucesso ainda maior ano que vem.

E para fechar com chave de ouro o dia, o Corinthians desceu para Série B e nosso “rival” que começou o Brasileirão falando em ser campeão, no decorrer afirmou disputar vaga na Libertadores e no final, nem conseguiu Sul-Americana. Ficou uma posição acima do Náutico, apenas isso. E ainda comemoram. É brincadeira.

Mas o importante é que para o Timbu a permanência na primeira divisão foi uma vitória. Vitória esta pelo início de temporada que foi mal planejado, renda quase inexistente, contratações erradas e por ai vai. Mas os erros foram concertados a tempo de o Náutico conseguir renascer! Parabéns a cada um que fez parte deste grupo. Jogadores, comissão, departamento médico, roupeiros, assistentes! Ano que vem, nós estamos na Primeira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


+ 3 = 12

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>