Rodolpho

“Rodolpho está pronto para substituir Nílson”

Por: JC Online – Foto: NauticoNET

O jovem goleiro do Náutico encara o desafio de assumir a titularidade na vaga deixada por Nílson. No clube desde 1998 e revelado na divisão de base, ele só atuou 18 vezes pelo time principal

São sete anos de Náutico e apenas 18 jogos como titular do time principal, quando subiu em 2000. Agora, o goleiro Rodolpho ganha a chance de se firmar na equipe. A responsabilidade também é grande. Afinal, vai substituir Nílson, ídolo da torcida, que acertou a sua ida para o Vitória de Guimarães, de Portugal.

Rodolpho Henrique Alves Correia, completará 24 anos no dia 11 de julho e encara a situação de forma confiante. Mais experiente, ganhou a confiança do técnico Roberto Cavalo. “O time será Rodolpho e mais dez”, declarou o treinador, dando total apoio ao jovem goleiro.

“Cheguei para o Náutico com 16 anos (1998). Portanto, tenho um trabalho no clube. Infelizmente, as oportunidades foram poucas. A minha maior seqüência de jogos foi em 2003, quando atuei nove partidas seguidas no Campeonato Pernambucano. Com a chegada de Nílson, um dos melhores na posição, voltei para o banco de reservas”, conta Rodolpho.

Otimista, o goleiro alvirrubro elogia o ex-companheiro Nílson. “Sempre tivemos um bom entendimento. Ele sempre me ajudou e me ensinou muito. Espero que Nílson seja feliz em Portugal.”

Com 1,80 metro de altura, Rodolpho é considerado um goleiro baixinho. Ele não concorda. Gilberto, campeão pernambucano em 2001/2002, tem sua altura e foi fundamental nas duas conquistas do Náutico.

“Trabalho forte com Mauri (preparador de goleiros). Sei que para conquistar a confiança da torcida vai depender das minhas atuações. A estatura não é problema. A gente treina muito saída do gol, reflexo, velociadade, elasticidade e outros fundamentos.”

Na verdade, vai ser um grande desafio para Rodolpho. O time tomou gols (17) em todos os dez jogos realizados até o momento na Série B do Campeonato Brasileiro. Não por falha ou más atuações do ex-goleiro Nílson. A equipe tem errado na marcação. No próximo sábado, ele fará a sua ‘estréia’ diante do Vitória, em Salvador. Mas não se assusta.

“Tenho certeza de que o time vai melhorar. O mais importante é não perder a tranqüilidade. Não me assusto em ter jogar contra grandes equipes. Se fosse assim é mudaria de profissão”, comentou.

O preparador de goleiros Mauri, por sua vez, dar o seu aval a Rodolpho.

“Ele é um goleiro em condições de assumir a titularidade do Náutico. Está pronto. Agora, precisa apenas de uma seqüência de jogos.”

Mauri acrescenta que Rodolpho cresceu muito tecnicamente.

“Ele vem treinando muito bem. Teve um aumento no seu aproveitamento e melhorou muito tecnicamente.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


8 − = 3

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>