ACESSO

No Náutico, Rafael Oliveira lembra passado difícil e mira acesso para coroar volta por cima
Atacante lembra como passado difícil, em que teve de começar a trabalhar cedo, lhe ajudaram no longo período em que ficou afastado por conta de contusões

Rafael Oliveira teve de batalhar muito para chegar à atual condição de titular do Náutico. Contratado em 2017 pelo clube, ele teve um início promissor – mas que durou pouco. Após três jogos e três gols, enfrentou uma sequência de lesões por mais de um ano. Da ruptura de ligamento às várias contusões musculares, o jogador passou por momentos difíceis. Chegou a pensar em desistir de tudo. Mas não esmoreceu. Como? Como a vida lhe ensinou desde garoto.

- Minha infância não foi nada fácil. Desde criança já tenho a gana de não desistir nunca. Nunca desisti e hoje estou mais feliz do que nunca.

Ele explicou um pouco como foi a infância difícil no Pará, onde nasceu e foi criado.

“Não tinha condição de ir para treino. o Paysandu ia me buscar, porque eu não tinha condições de ir. Comecei a trabalhar cedo, com 12, 13 anos. Era ajudante de pedreiro, trabalhava também com meu pai no mercadinho… A luta era grande.”

Não foram as únicas experiências de Rafael Oliveira com trabalho infantil. Ele lembra outras – mas acredita que elas ajudaram-no a ser forte.

- Também ajudava a montar sofá, capinar, fui auxiliar de pedreiro. Já trabalhei de tanta coisa nessa vida… Isso serviu para me fortalecer mais ainda.

Depois de tantos sacrifícios, Rafael Oliveira espera ter motivos para festejar. Hoje titular do Timbu, ele espera o acesso à Série B para coroar sua volta por cima – dentro e fora do campo.

- Tenho certeza que vai ser um momento especial. Estamos bem na competição. É foco, jogo a jogo. Que a gente possa fazer grande jogo no sábado e, depois, nos mais importantes do ano, a gente consiga o acesso. Vou ficar mais feliz ainda por tudo que passei.

Matéria: https://globoesporte.globo.com/pe/futebol/times/nautico/noticia/no-nautico-rafael-oliveira-lembra-passado-dificil-e-mira-acesso-para-coroar-volta-por-cima.ghtml
Por: Rômulo Alcoforado/Globo Esporte Recife
Foto: Léo Lemos/Comunicação Náutico

4 respostas a ACESSO

  1. Thiago Castro disse:

    O Náutico vai pegar o Paysandu time do mesmo peso de camisa e vamos decidir em casa nos Aflitos. Acho que esse ano temos tudo para subir para o grupo B e podemos levantar o título de campeão.

  2. Luiz Antonio disse:

    Tenho uma visão diferente. Desde o começo dessa nova gestão no clube, meu otimismo cresce a cada dia. Tivemos muitos ganhos em 2018, algo impensado e inesperado, e bem poderíamos ter ganho o título e ascensão a série B. Quando se tem uma pedra de tropeço no caminho a certeza que temos é que algo melhor está por vir.
    Vamos para duas decisões. A primeira voltaremos a série B e a segunda buscar um título inédito. Não tenho duvidasse que ganhando o acesso para a série B, vamos conquistar o título com naturalidade. Nosso momento é de ascensão.
    A torcida tem que fazer a sua parte de forma efetiva, pensamento de união, participativa, de chegar junto a qualquer preço ou sacrifício.
    O NÁUTICO UNIDO JAMAIS SERÁ VENCIDO.

  3. JOÃO GREGÓRIO DE ARAÚJO disse:

    CHEGAMOS ONDE PREVI, E O MAIS IMPORTANTE, SEREMOS O PRIMEIRO NA CLASSIFICAÇÃO GERAL DA SÉRIE C, NAS DUAS CHAVES, NÃO IMPORTA OS RESULTADOS DOS JOGOS DE AMANHÃ NA OUTRA CHAVE. CERTAMENTE JOGAREMOS A SEGUNDA PARTIDA EM CASA, AGORA O IMPORTANTE É MENTALIZAR SEMPRE A VITÓRIA E JOGAR PARA GANHAR NÃO IMPORTA ONDE ESTEJAMOS JOGANDO. TEMOS AGORA, TREINADOR EXPERIENTE, E CALEJADO NESTE TIPO DE DISPUTA COM A CHAPECOENSE, TIME BEM MONTADO E FOCADO PARA GANHAR A SÉRIE C.

  4. JOSE FIRMINO disse:

    RAFAEL E MAYLSON: POR TUDO QUE O NÁUTICO FEZ E ESPEROU PELA RECUPERAÇÃO DOS DOIS, ESTÁ MAIS DE QUE NA HORA DA RETRIBUIÇÃO DOS DOIS EM FAZER A DIFERENÇA NAS DUAS PARTIDAS CLASSIFICATÓRIA AO ACESSO.

    PELA IMPORTÂNCIA DUAS PARTIDAS DA FASE SEGUINTE, O TÍTULO É APENAS UM DETALHE. O QUE IMPORTA É SAIR DESSE CALABOUÇO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


7 − = 0

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>