CLÁSSICO

Tudo o que você precisa saber sobre Náutico x Santa Cruz, pela Copa do Nordeste
Timbu e Cobra Coral se enfrentam neste sábado, às 18h30 (horário do Recife), nos Aflitos, pela quarta rodada da competição

Chegou a hora do Clássico das Emoções. Neste sábado, às 18h30 (horário do Recife), Náutico e Santa Cruz jogam pela primeira vez na temporada 2019. O jogo acontece na casa alvirrubra, o estádio dos Aflitos, e é válido pela quarta rodada da Copa do Nordeste.

Náutico – Técnico: Márcio Goiano
O Náutico está em busca do ritmo ideal. O time vem de uma sequência positiva – duas vitórias e um empate -, mas sente falta de um bom futebol para agradar à torcida. Além disso, no primeiro clássico do ano, contra o Sport, o grupo de Márcio Goiano não foi bem. Perdeu por 3 a 1 em jogo tranquilo para o adversário.

Por isso, o treinador fez todo o mistério possível. Fechou o último treino e não divulgou a escalação do time. As dúvidas, no entanto, são poucas. Diego Silva e Rafael Ribeiro disputam a posição de parceiro de Sueliton na zaga. A grande interrogação é em relação à posição de Jorge Henrique. Ele pode ser mantido no meio de campo ou deslocado para jogar na ponta. Nesse caso, a tendência é a entrada de Lucas Paraíba para compor o meio e a saída de Fábio Matos do time.

A escalação alvirrubra deve ser esta: Bruno; André Krobel, Sueliton, Diego Silva (Rafael Ribeiro) e Gabriel Araújo; Jiménez, Luiz Henrique e Jorge Henrique; Fábio Matos (Lucas Paraíba), Robinho e Wallace Pernambucano.

Quem está fora: Josa e Assis (lesão).
Pendurados: ninguém.

Santa Cruz – técnico: Leston Júnior
O Santa Cruz vive uma maratona de cinco jogos em 15 dias, sendo quatro deles fora de casa. Por isso, o técnico Leston Júnior poupou toda a equipe na vitória de 2 a 1 sobre o Petrolina, pelo Campeonato Pernambucano, quarta-feira passada.

Agora, o Tricolor vai com força máxima para cima do Timbu. O lateral-esquerdo Bruno Ré está de volta à equipe após se recuperar de uma contratura na coxa e Pipico deve ser mantido no comando de ataque. O jogo é visto como importantíssimo para o Santa porque pode alçar os corais à primeira colocação do Grupo A da Copa do Nordeste. Este será o primeiro clássico do treinador pela Cobra Coral.

Quem está fora: ninguém.
Pendurados: ninguém.

Arbitragem
Marielson Alves Silva (BA) apita o jogo, auxiliado por Marcos Welb Rocha de Amorim e Elicarlos Franco de Oliveira (ambos da BA).

Tudo do Náutico em Vídeos: www.tv.nauticonet.com.br

Matéria: https://globoesporte.globo.com/pe/futebol/copa-do-nordeste/noticia/tudo-o-que-voce-precisa-saber-sobre-nautico-x-santa-cruz-pela-copa-do-nordeste.ghtml
Por: Globo Esporte
Foto: Léo Lemos/Comunicação Náutico

4 respostas a CLÁSSICO

  1. Paulo Hollanda disse:

    Antônio Fernando,

    Parabéns pela lucidez, crítica coerente e assertividade.

    Um elenco como esse do Náutico não poderia nunca jogar com um volante, laterais ofensivos e defesa em linha. Se avançarmos na copa do Brasil e pegarmos um time de médio pra bom, corremos um grande risco de levarmos uma goleada histórica, tipo um 7×1.

    Não concordo com esse vai e vem de treinadores, e também não ponho a culpa só em Goiano. A diretoria é cega? As peças que o Náutico tem hoje não dão a mínima possibilidade de atuar do jeito que está atuando, isso sem contar que como você disse, não consigo identificar o que o Náutico tem treinado, porque não há melhora em nada. Porém, vai ser difícil melhorar defensivamente um time que joga com dois zagueiros limitados adiantados e em linha, com dois laterais ofensivos e apenas um volante, sem nenhuma jogada ensaiada ou sistema de marcação definido. Como vc bem disse, ainda não levamos uma cacetada histórica por dois motivos: os adversários não eram lá essas coisas, e é início de temporada.

    Em tempo: precisamos agradecer aos céus por termos perdido do sport por apenas 3×1. Foi muito lucro! Se o sport tivesse afim, poderia ter metido uns 7. Mas ainda pode acontecer!

    Mais uma vez parabéns.

  2. Ronaldo Rodrigues Lima disse:

    Hoje o destaque do Náutico foi o técnico Márcio Goiano que nas alterações : Fábio Matos no lugar de Krobel e Thiago no lugar de Jorge Henrique com Luiz Henrique mas posicionado pela direita mudou completamente a forma de jogar do nosso timba. Tenhamos calma, nossa condição financeira só nos permite os jogadores que dispomos VAMOS APOIAR e saber que esse estágio é sempre enfrentado por todo time que busca se soerguer. SEJAMOS SÓCIOS o Náutico precisa de nossa ajuda e a diretoria merece.

  3. Antonio Fernando Cirilo disse:

    Boa noite alvirrubros, até quando? Vamos viver nessa sofrência! Após sermos eliminados da copa do Brasil, não se classificar na copa do Nordeste, perdermos o pernambucano, ser rebaixado para série D. Vê-se uma equipe sem padrão de jogo, tomando gols bobos com um treinador que não estar tendo domínio do grupo fazendo substituições erradas e improvisando atletas. Pergunto ao senhores alvirrubro, qual time na atua conjuntura joga apenas com um volante de marcação? Resposta simples, o Náutico! Estamos levando sorte, pois é inicio das competições, vamos esperar a coisa piorar, por favor diretoria acorde, nosso time não tem padrão de jogo, estar jogando na força de cada atleta na base do “cada um por si e Deus por todos nós” essa é a tática da nossa equipe. Uma boa equipe começa com uma marcação, um meio de campo sólido e compacto para não levar gols, depois pensa-se em fazer gols, não como atua hoje, estamos sempre correndo atrás do placar. Parece que esse time não treina, são apresentados uns aos outros na hora do jogo como ocorre em time de pelada. Quero perder mas com organização, raça, determinação e só vejo força de vontade dos atletas e isso não basta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


3 + 9 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>