COBRANÇA

Josa faz cobrança ao Náutico para próximos jogos: “Entrar mais ligados”
Náutico foi derrotado pelo ABC fora de casa em estreia na Série C, e Josa afirmou necessidade de elenco ter atenção nos adversários mais qualificados

A derrota do Náutico para o ABC por 2 a 0, domingo, na estreia alvirrubra na Série C, mostrou um time diferente do que conquistou uma sequência de 18 jogos invicta anteriormente na temporada. O futebol deixou a desejar, tanto defensivamente como ofensivamente, o que fez o capitão Josa chamar a atenção para uma melhora do elenco.

- Falhamos em algumas coisas, coletivamente. É outro campeonato. Vamos enfrentar equipes assim, qualificadas, que pegam em cima e que às vezes a gente nem conhece, mas tem que estar mais ligado. Foram 25 minutos bons que a gente fez, mas tem que ser mais que os 25 – disse Josa, referindo-se aos minutos iniciais do jogo, antes de o Náutico levar o primeiro gol.

O próximo compromisso do Timbu é quarta-feira, contra o Campinense, fora de casa, no jogo de ida da seletiva da Copa do Nordeste 2020. O elenco dormiu domingo em Natal, onde almoça nesta segunda. Depois, já segue para Campina Grande.

O atacante Thiago – um dos poucos destaques positivos contra o ABC – ressaltou a necessidade de corrigir os erros para o jogo de quarta.

- Não pudemos fazer uma boa partida, mas vamos trabalhar nesses dois dias para quarta feira ir lá contra o Campinense. Escutar o que o professor vai falar pra acertar os erros que tivemos nesse jogo e sair com a vitória.

Matéria: https://globoesporte.globo.com/pe/futebol/times/nautico/noticia/josa-faz-cobranca-ao-nautico-para-proximos-jogos-entrar-mais-ligados.ghtml
Por: Globo Esporte
Foto: Léo Lemos/Comunicação Náutico

Uma resposta a COBRANÇA

  1. Luiz Antonio disse:

    Com a qualidade de partidas por torneios que temos hoje, uma equipe principal só não basta, o que vale é o grupo, pois tanto fax jogar como estar no banco.
    Não sei o que nossa diretoria pensa. Acho que não podemos esperar tanto pelos “prata de casa” é fortalecer o grupo com jogadores um pouco mais rodados para balancear a equipe. Se o trabalho de base não for completo, inclusive no aspecto psicológico, vamos queimar muitos dos jovens da base, se jogarmos jogador sem a devida condição do que seja jogar no profissional, e suas responsabilidades. Acho que, porisso a equipe ainda não tenha maturidade melhor.
    Temos bons jogadores na região que podem suprir as lacunas da equipe.
    Vamos à luta. Perdemos um campeonato por pura falta de garra, pois dava para ganhar esse título na ilha mesmo, afora e sem contar o arrumadinho de sempre que a FPF promove todas as vezes que a cachorra de peruca entra na disputa conosco. Está mais do que na hora de resolver esse eterno problema. E não pensem que seja falta de dinheiro, não. Como dizia o Collor, é ter aquilo roxo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


+ 8 = 17

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>