PROVOCAÇÃO

Matheus Carvalho lembra provocação a goleiro: “Quem ri por último, ri melhor”
Após cobrar pênalti que garantiu ida do Náutico à final da Série C, atacante fez gesto provocativo para Marcelo Carné, do Juventude

Uma imagem marcou a classificação do Náutico para a final da Série C: o atacante Matheus Carvalho provocando o goleiro do Juventude, Marcelo Carné, após cobrar o pênalti que selou a passagem alvirrubra. O “aqui não” era uma resposta ao que o goleiro havia feito no jogo da ida, após o jogador alvirrubro perder um gol por cobertura. Matheus Carvalho lembrou do episódio, celebrou a repercussão positiva, mas afirmou que o foco agora é na decisão, contra o Sampaio Corrêa – que o Timbu enfrenta no domingo após vencer por 3 a 1 na ida.

Segundo Matheus, o gesto havia sido planejado e até comentado internamente.

- Não tinha nem visto que ele fez isso lá em Caxias. Eu saí do lance com a mão na cabeça, lamentando que tinha perdido o gol. Só que depois vi as imagens do jogo. A gente até brincou com a comissão: “Se fizer gol, dá uma brincada”. Quem ri por último, ri melhor.

O jogador admitiu, porém, que – apesar de ter prometido que devolveria a provação – quase esqueceu de fazê-la na hora.

“Quando ajoelhei para agradecer a Deus, foi que deu um estalo e eu lembrei: “Ah, vou ali provocar um pouquinho”. Faz parte, né? Pensei até que ia ser expulso. Foi o cartão amarelo que eu mais fui aplaudido.”

A imagem viralizou nas redes sociais entre os torcedores do Náutico e até virou quadro. Matheus gostou da repercussão.

- Acho legal. Muitas marcações no instagram, meu assessor me passava, foram mais de 400. Deixo mais para a torcida, aconteceu ali, a provocação foi boa, ele levou para outro lado, quis brigar. Agora é outro foco. Estamos pensando na final.

De olho em permanecer no clube para 2020, o atacante quer mais. Além do gol contra o Juventude, foi ele que fechou a cobrança de pênalti também nas quartas de final, contra o Paysandu, que garantiu o acesso à Série B – feitos que motivam Matheus a tentar virar ídolo da torcida.

A referência, ele tem bem perto: o ex-atacante Kuki, hoje membro da comissão técnica alvirrubra.

- Queria ser ídolo do clube como Kuki. Você vê o respeito e a admiração que todo mundo olha por ele. É muito bom esse reconhecimento da torcida, sair nas ruas e todo mundo querer tirar foto. Tive oportunidade de bater os pênaltis, aí tem que ter personalidade para cobrar. Eu estava bem concentrado para bater.

Matéria: https://globoesporte.globo.com/pe/futebol/times/nautico/noticia/matheus-carvalho-lembra-provocacao-a-goleiro-quem-ri-por-ultimo-ri-melhor.ghtml
Por: Rômulo Alcoforado/Globo Esporte Recife
Foto: Léo Lemos/Comunicação Náutico

9 respostas a PROVOCAÇÃO

  1. josemario disse:

    Para 2020, Wallisson (ABC) meia de nível para a série B.

  2. Antonio Fernando Cirilo disse:

    Correto, Erick Daltro.

  3. colorau disse:

    A SÉRIE B TEM QUE CONTRTAR URGENTE E QUALIDADE
    E DISPENSAR MAYLSON JORGE RAFAEL OLIVEIRA PAULINHO ETC

    PRA SÉRIEB

    SERIA JEFERSON, 1 LATERAL DIREITO 1 ZAGUEIRO E CAMUTANGA E SIMÕES
    JONATAN JEAN 1 VOLANTE
    ATAQUE ÁLVARO WALLACE E CONTRATAR 1 ATACANTE DE QUALIDADE O RESTO QUE PRESTA VAI VAI PRO BANCO
    QUANTO A THIAGO VAI PRO FLAMENGO
    ESSA CONTUSÃO É MTO ESTRANHA

    ENFIM
    SÉRIE B É OUTRO NÍVEL

    • Valdemir disse:

      Acho que contratando: Tiago Alves, Tiago Enes, e um bom lateral esquerdo, teríamos uma boa defesa para a série B. No meio, mais um volante de qualidade e o Jorge Henrique, que somado aos atacantes que temos, estaríamos prontos para a “B” !

  4. Antonio Fernando Cirilo disse:

    Boa tarde alvirrubros e atenção diretoria precisamos se planejar para 2020 pois a quantidade de jogos será maior e nosso elenco terá que ser mais qualificado sem onerar a folha de pagamento para isso devemos trazer o Bruno(goleiro), renovar e ampliar os contratos com os seguintes atletas: Jeferson, Hereda, Camutanga, Diego, Wilian, Erick, Josa, Jimenes, Jhonantan, Jean Carlos, Wallace, Matheus, Alvaro, Thiago e Paulinho. São 15 atletas, mantém alguns da base e faz uma seleção de jogadores que disputaram a série C e D deste ano para contratar. O restante desses jogadores-estaleiros que estão no clube, dispensam tudo pois, só estão onerando a folha de pagamento do clube e não trazer jogador como a salvação tipo: Jorge Henrique e Maylson. Custo baixo com time de qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


6 − 4 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>