RETORNO

De volta ao time do Náutico, Vinícius encara duelo com o Vasco como mais um “jogo da vida”
Suspenso da última partida do Timbu, atacante tenta ajudar o Timbu a conseguir uma vitória que pode fazer o encostar no G-4 e manter vivo o sonho do acesso nesta temporada

Todos os objetivos que o atacante Vinícius tinha no Náutico foram alcançados. E ele quer manter a escrita assim, conquistando o acesso à Série A. Meta que tem, no próximo domingo, um capítulo decisivo. Caso vença o Vasco, nos Aflitos, o Timbu pode subir até a sexta colocação e voltar de vez à briga pelo G-4.

Ausente do jogo contra a Ponte Preta – suspenso em razão do acúmulo de cartões amarelos -, Vinícius tem presença garantida no duelo. Encara o confronto como “o jogo mais importante da vida”, seguindo a cartilha timbu de pensar exclusivamente no próximo compromisso.

- Nós temos os nossos objetivos, sabemos onde queremos chegar. Para isso acontecer, temos que encarar o próximo jogo com uma decisão, e o próximo jogo é contra o Vasco. Encaramos como uma decisão o (jogo contra) Operário, o Goiás, a Ponte Preta e a próxima decisão é o Vasco. É o jogo mais importante das nossas vidas – afirma, ratificando a ambição de alcançar o acesso ainda nesta temporada.

“O Náutico tem que estar nos melhores lugares possíveis. A gente livrou o Náutico no ano passado (do rebaixamento), que era o objetivo que tinha quando eu cheguei. Depois, fomos campeões (do Estadual), mais um objetivo alcançado. O próximo é colocar o Náutico de volta na elite. É o que a gente está dando a vida para fazer”.

Náutico acima de tudo

No último dia 15, Vinícius completou um ano no Náutico. Um marco importante para ele, ainda mais pela boa fase vivida no clube, que ele faz questão de colocar acima de qualquer objetivo pessoal.

- Eu teria que falar de muita coisa para falar desse um ano de Náutico, mas o mais importante são os objetivos. Desde que eu cheguei aqui, na primeira entrevista, eu falei: ‘Eu quero ajudar o Náutico da melhor forma possível’. Sempre falei isso, nunca coloquei o ‘eu’ na frente da instituição. Sempre coloquei o Náutico à frente de qualquer coisa, e eu acho que isso é o mais importante – conclui.

Matéria: https://ge.globo.com/pe/futebol/times/nautico/noticia/de-volta-ao-time-do-nautico-vinicius-encara-duelo-com-o-vasco-como-mais-um-jogo-da-vida.ghtml
Por: Globo Esporte
Foto: Tiago Caldas/Comunicação Náutico

9 respostas a RETORNO

  1. VERGONHA!!!!
    DECEPÇÃO!!!!
    DEFESA DE PEREBENTOS DECADENTES!!!!

  2. Edson J disse:

    Com a defesa que temos é muito difícil sonhar. Hoje, até o goleiro fez besteiras. A salvação. como sempre, é Jean Carlos.

    • colorau disse:

      É O DNA DO CLUBE CUMPADI MUDA TUDO E O NAUTICO CONTINUA DO MESMO JEITO
      PODE CRER
      SEMPRE FOI E SERÁ ASSIM
      TÁ NO SANGUE DO NAUTICO
      1 TIME QUE VC JAMAIS PODE SONHAR FAZER PLANOS 1 SÉRIE B FÁCIL DESSA E MAIS 1 VEZ O NAUTICO SE CAGA
      ANO QUE VEM VAI SER DIFICIL MTO MAIS
      SE TIVER CHAPE GREMIO SPORT SANTOS
      PODE ANOTAR O CAMINHO DO TIMBU SERÁ
      SÉRIE C PQ O NAUTICO NÃO TEM ENVERGADURA DE TIME GRNADE ANOTE AI
      É CAPAZ DE SE ENROLAR CONTRA O BRASIL DE PELOTAS

      SAUDAÇÕES

  3. JOSE FIRMINO disse:

    OBRIGADO SR. DIÓGENES!

  4. Antonio Lemos disse:

    Um dirigente falou que o Nautico tinha uma defesa de alto nível, com certeza estava embriagado

  5. Hércules disse:

    RAFAEL RIBEIRO PORCARIA DE JOGADOR. NÃO GANHAMOS HOJE UNICAMENTE POR CONTA DESSE MERDA. TODO JOGO DÁ UMA CAGADA. VAI-TE PRA MERDA JOGADOR DE MEIA TIGELA! ESPERO QUE NO PRÓXIMO JOGO ELE FIQUE DE FORA.

  6. Ada Sá disse:

    A história do fracasso do Náutico nesta série B pode ser resumida em:

    a) Diretoria que demorou irresponsavelmente na reposição de peças essenciais no time;

    b) a defesa que inúmeras vezes entregou a bola para os adversários marcarem ou bobeou nos minutos finais das partidas

    A culpa da precariedade defensiva também é da diretoria que, para ser breve, disse que tínhamos ótimos zagueiros e que não precisava contratar.

    Mas, tudo bem. O lugar do Náutico ainda é na série B, mesmo.

  7. Josivene disse:

    Meu amigo esse Rafael Ribeiro não quero nem na minha pelada,que jogador ruim

  8. Valdemir disse:

    O difícil é confiar em nossa defesa, que nos últimos 3 jogos, entregou a rapadura muito fácil !

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


7 − = 4

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>