LULA MONSTRINHO, 80

Ninguém lembra.

Lula parou o Palmeiras em 1967.

Náutico 2×1 em São Paulo.

E Dudu quebrou Lula.

Sem querer… mas quebrou.

Com Lula em campo?

O Náutico teria sido campeão da Taça Brasil.

Lá no Maracanã.

Na lua de mel do Divino.

Ou não.

Mas tal era o pavor que o Monstrinho causava.

Que a análise permanece apropriada.

Lula foi o maior goleiro da nossa história.

Um alagoano pernambucano.

Não fosse Alagoas pernambucana.

Lula que só foi pra seleção jogando no Corinthians.

Coisas da CBD.

Lula que hoje completaria 80 anos.

Lula que era a linha Maginot sem Ardenas.

Inexpugnável.

Intransponível.

Inesquecível Monstro do gol…

Por: Roberto Vieira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


3 + 8 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>