Colunas

  • Variações sobre um irreverente Timbu

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto Após as duas primeiras rodadas do campeonato brasileiro da primeira divisão 2009, o Náutico parece ter superado expectativas. Em especial as negativas. De maneira antagonicamente diferente do que vinha apresentando nas competições desta temporada, o Timbu [...]

  • Do drama para a ação

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto O que deveria ser uma estruturação com planejamento profissional e perspectiva de resultados positivos parece que não passa de um fortuito acontecimento circunstancial. Eis a contextualização na qual se encontra o departamento de futebol do Náutico. [...]

  • Chega de mais do mesmo

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto O Náutico poderia estar diferente, mas não está. Às vésperas de estrear na terceira competição da temporada, o campeonato brasileiro da Série A, ainda não existe uma equipe definida. Com raras exceções de atletas que vêm [...]

  • A fábula da cachaça e do apito

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto A reta final do returno do Pernambucano 2009 será disputada de forma dicotômica. Há quatro rodadas do encerramento, os confrontos paralelos, e por que não diretos, entre Náutico e Sport trazem um novo aspecto ao outrora [...]

  • A parte alvirrubra deste latifúndio

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto Entre mudanças de atitude e perspectivas de melhora, o Náutico parece ter encontrado o seu rumo nesta temporada. O futebol é feito de resultados e é isso o que interessa ao técnico Sérgio China e sua [...]

  • A vitória da perspectiva

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto Estrear com vitória no returno do Pernambucano foi o mais importante para o Náutico. Independentemente de como a equipe se comportou nesta partida. Isso porque, mais uma vez – e só para variar – o técnico [...]

  • Começar de novo

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto Encerrado o primeiro turno do campeonato pernambucano 2009, um misto de frustração e não-perspectiva de futuro melhor para o Náutico toma forma de realidade. Das 11 partidas oficiais realizadas até aqui, o Timbu ganhou seis, empatou [...]

  • Ainda é cedo

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto O campeonato pernambucano já está em pleno andamento. A temporada passada mal acabou, mas o Náutico já está de volta à ativa. Com as férias praticamente interrompidas, não há tempo para uma preparação adequada, profissional mesmo, [...]

  • 2009: um ano de grandes conquistas para o Náutico

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto O despertar de um grande clube. Assim espero que seja a premissa administrativa do Clube Náutico Capibaribe em 2009. E parece que a nova conjuntura do departamento de futebol está propensa a agir (que é melhor [...]

  • A hora da maturidade e cabeça no lugar

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto futebol apresenta situações que a própria razão desconhece. Pois bem, o Náutico perdeu um jogo ganho e agora precisa manter o prumo, sob a pressão total e irrestrita de reabilitar-se na rodada seguinte. Não adianta querer [...]

  • Só a vitória interessa

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto A atuação que o Náutico teve diante do Cruzeiro é o ideal que uma torcida espera da sua equipe durante um campeonato brasileiro. Aliás, se o Timba tivesse se apresentado assim durante a metade da competição, [...]

  • O efeito Edílson Pereira de Carvalho

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto O fator “mérito” é abordado frequentemente por cronistas esportivos durante os jogos do Brasileirão. Acho o critério (?) no mínimo estranho, pois eles não estão avaliando o poder judiciário, nem mesmo julgamentos públicos que envolvem omissão [...]

  • A distorção de uma vitória

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto Nada como um resultado positivo para ratificar um estado de reação no Brasileirão 2008. Após longos 48 dias, ou sete partidas, o Náutico reencontrou-se com a vitória, curiosamente diante de um adversário de nome homônimo. A [...]

  • Atitude e sorte

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto Uma hora a má fase iria ter que acabar. Eu sabia. A maneira como o Náutico conseguiu o empate diante do Internacional era o estímulo que faltava ao grupo de jogadores para dar início à reviravolta [...]

  • Desesperar, jamais

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto A experiência mostra que não é hora para desesperos ou desistência na crença pela permanência do Náutico na divisão de elite do futebol nacional. Se a situação não é das melhores, convenhamos, o Timbu já esteve [...]

  • Página 3 de 1412345678910...Última »