Colunas

  • O futebol ensina

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto O futebol ensina, a cada jogo, que não se pode prever como será a atuação de uma equipe, independente dos últimos 90 minutos apresentados, na rodada anterior. O Náutico vinha de sonora goleada sofrida para o [...]

  • Ninguém regula a arbitragem nacional

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto De rodada em rodada, o Brasileirão 2007 se destaca mais pelos erros das arbitragens do que pelo bom futebol jogado pelos times. A exceção do São Paulo, equipe mais regular da competição após 21 jogos, há [...]

  • Futebol e o detalhe primordial

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto Não dá para acreditar… Por mais que o Náutico não tenha feito a sua parte, a sorte esteve bafejando o cangote do Timbu, no Brasileirão 2007. É que os outros resultados da rodada que interessavam ao [...]

  • Os jogos da volta… Por cima

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto Chegamos à metade do Brasileirão 2007, e o balanço que faço do que foi o Náutico nestes primeiros 19 jogos é de um time promissor, em relação a seqüência do campeonato. Apesar da fraca campanha de [...]

  • Agora é para engrenar na Série A

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto Se havia um sentimento de dívida, por parte do time do Náutico diante da sua torcida, essa foi paga com o futebol aplicado, ofensivo e, acima de tudo, objetivo, na vitória incontestável conquistada diante do Figueirense. [...]

  • Só pra variar

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto Que apresentação, Náutico! O time alvirrubro está de parabéns pelo futebol competitivo e aplicado demonstrado em Natal. O América que me perdoe, mas o Timbu mostrou por que está credenciado a não mais conviver entre os [...]

  • Ainda não desta vez

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto Ainda não foi dessa vez que o Náutico reencontrou o caminho da vitória dentro do Caldeirão Alvirrubro. Apesar de ter apresentado um futebol aplicado e mais consistente do que o do Fluminense, o time timbu não [...]

  • É o seguinte: três pontos

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto O Náutico manteve a regularidade em jogos fora do Recife e ganhou mais um importante confronto no Brasileirão 2007. A vitória diante do Santos por 2 a 1 na Vila Famosa ratificou a condição de equipe [...]

  • Chegou a hora de Kuki

    Publicado em por plinio

    Por: Pedro Selva Filho Tenho convicção que a imensa família alvi-rubra jamais deixou de reconhecer a competência e importância de Kuki para o Náutico, e que todos nós somos bastante agradecidos e temos muito carinho pelo homem, profissional e ídolo [...]

  • De volta à estaca zero

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto O Náutico voltou a ser o time mais iluminado do Brasileirão 2007. A derrota por 2 a 0 para o Grêmio mostrou que, por mais que os jogadores se esforcem, nem todos têm a mesma qualidade [...]

  • A hora da virada

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto Após duas rodadas de ausência, quando o Náutico empatou fora com o Juventude e perdeu feio em casa para o Cruzeiro, consegui reunir forças para voltar a versar sobre o futuro do Náutico no Brasileirão 2007. [...]

  • O efeito espelho

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto Todo tipo de jogo traz como pressuposto nuance de sorte ou de azar. Mas o futebol apresenta cada peculiaridade que até mesmo o mais cético torcedor sequer imagina. A partida do Náutico contra o Palmeiras mostrou [...]

  • Vexame e ausência de perspectivasa

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto Já se vão oito rodadas e o Náutico só venceu um único jogo no Brasileirão 2007. E quando se pensa que o pior já passou, aí acontece aquilo que foi a apresentação do time alvirrubro, na [...]

  • Alerta vermelho: Náutico em linha de colisão

    Publicado em por plinio

    Por: José Gomes Neto Limite tem limite! Ou o Náutico volta a vencer no Campeonato Brasileiro 2007, ou vai permanecer na zona de rebaixamento até o desfecho final: o amargo retorno à Segundona em 2008. A partida diante do Goiás [...]

  • A soma de todos os medos

    Publicado em por plinio

    Por: Frederico Lira O péssimo futebol apresentado no Maracanã, domingo, diante do Botafogo, serviu para corroborar a idéia, um tanto óbvia, de que o elenco alvirrubro é frágil, carente em diversas posições e inconsistente. Frágil, por possuir jogadores que não [...]