Jogo contra o Palmeiras

Um jogo que não consigo esquecer nunca foi em 83 ou 84, quando o Náutico jogou uma partida contra o Palmeira, pelo o Campeonato Brasileiro, no arrudão. O nautico tinha um dos melhores ataque do Brasil, Mirandinha, ex-Palmeira, Nunes, ex-Flamengo, era simplesmente, Nunes, o melhor atacante do Brasil, goleador, matador que qualquer time gostaria de tê-lo, tinhamos um goleiro também muito respeitado e a bola rolava em qualquer campo do Brasil e todo mundo temia o nosso ataque, apenas com dois veteranos bons de bola e de nome, qualquer jogador que entrava no Náutico era craque porque era fácil jogar, era só rolar a bola pra um dos dois e partir para o abraço. Será que os nossos tempo de gloria já se foi e vamos viver só do passado, será que não temos nenhum dirigente que pense nesta possibilidade, todo grande time tem um matador, cade o nosso, foi-se o Acosta, Roberto Fernandes (nosso técnico) e agora? o que vai ser de nós? Se conformar com o passado? Sou pernambucano moro em Minas Gerais ha 26 anos e sou torcedor do Náutico com muito orgulho.

Por: João Ferreira Neto

Os comentários estão encerrados.