Do Céu ao Inferno

Por: Newton Cerezini, Equipe NauticoNET

Fiquei mais uma vez revoltado com a torcida do Náutico, ao ouvir, por exemplo, que Rodolpho falhou no gol de falta de Andrade. Meu Deus, como alguém têm coragem de dizer algo assim? Andrade acertou uma falta que dificilmente acertará outra na vida. Vamos ao jogo…

Primeiro tempo dominamos o time do Santa Cruz, mas eles chegavam com perigo a meta alvirrubra. Rodolpho fez um milagre em chute de Reinaldo, onde o atacante pegou sozinho de frente para o gol e goleirão conseguiu segurar o resultado do primeiro tempo. Dominávamos o jogo, mas não conseguíamos criar. Íamos para o ataque, mas não acertávamos o último passe para definirmos em gol a nossa superioridade no primeiro tempo.

Segundo tempo começa e Bruno Carvalho é sacado para a entrada de Paulo Matos na frente, coisa eu Cavalo sempre faz quando o time precisa melhorar um pouco mais a parte ofensiva, deslocando David para a lateral. O time até começa bem o segundo tempo, assustando em algumas vezes o gol tricolor. Nem a entrada de Miltinho fez com que a criação das jogadas na frente melhorasse. E vem o que todos temíamos. Sabíamos antes do jogo que o Santa só nos venceria em um erro nosso ou no contra ataque rápido puxado por Carlinhos Bala, e as duas coisas combinaram de acontecer no mesmo lance. Danilo, em um lance infeliz, quis dar de calcanhar no meio de campo, errou e a bola caiu no pé do jogador do Santa, que enfiou para Carlinhos, que mais uma vez disparou em velocidade e conseguiu vencer Rodolpho. A partir daí o time ficou tenso, fazendo faltas bestas e desnecessárias, partindo sem arrumação nenhuma para o ataque. Eis que o bom lateral Osmar parte com a bola passa por todo mundo e é parado na entrada da área por Batata. Pra mim, que revi o lance na televisão, continuo achando que o nosso xerife foi na bola, mas para o árbitro Cláudio “Edílson” Mercante foi falta, que bem cobrada por Andrade culminou no segundo gol da equipe coral. O time morreu não tinha mai poder ofensivo e parece que a torcida morreu junto com o time. Final de jogo, Santa Cruz, mais uma vez sem jogar melhor que nós, 2, Náutico, mas uma vez perdendo para o Santa em casa, 0.

Considerações:

Pelo amor de Deus torcedor alvirrubro, esse time foi o mesmo que chegou até aqui desacreditado por todo mundo, inclusive pela sua torcida. Foi o mesmo que todos diziam sério candidato a cair para a Série C e deu a volta por cima e hoje está entre os 4 melhores da competição. É o mesmo treinador que chegou, nos tirou da lanterna e dando raça ao time, coisa que o Náutico fazia tempo não tinha, nos colocou hoje na posição em que estamos. E por favor, parem de pegar no pé de Rodolpho que já é um dos melhores goleiros desse campeonato, se não o melhor! E o mais importante, não quer ir pro jogo? Não vá! Agora ir pra ficar dizendo “eu já sabia… esse time é uma merda… esse treinador é froxo…” e coisas desse tipo, trazendo energia negativa para o time, fique em casa. Os jogos vão passar na TV! Então fica em casa.

Não é choro de torcedor, mas que o senhor Cláudio Mercante não fez uma boa partida não fez, e nos prejudicou sim!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


− 3 = 5

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>