Todos à disposição de Hélio para a estréia do Náutico no returno

Por: José Gomes Neto

Um Náutico por inteiro. Depois de ter saído a regularização do meia uruguaio Beto Acosta, agora o técnico Hélio dos Anjos tem à sua disposição todo o grupo de jogadores contratados para jogar nesse primeiro trimestre de 2007. Com isso, a perspectiva de estréia do Timbu no segundo turno do Campeonato Pernambucano da Série A1, diante do Ypiranga, é das melhores.

Basta lembrar que, em comparação ao time que fez a partida de estréia nesta competição, apenas três remanescentes vão estar em campo no domingo (4), nos Aflitos: o lateral-direiro Sidny e os volantes Luciano e Walker. Este último ainda atuou improvisado na zaga, ao lado de Breno – hoje reserva, e que terá de cumprir suspensão pela expulsão diante do Vera Cruz, na última rodada do primeiro turno.

A campanha bisonha do primeiro turno é passado. Claro, servirá como referência para os critérios do campeonato, mas é preciso ter uma perspectiva bem melhor, em relação ao desenrolar do Estadual. A equipe está com mais espírito competitivo e o entrosamento já dá sinais de que o Náutico deve mesmo entrar para decidir o título com o finalista Sport.

Mesmo assim, será preciso a torcida ter paciência e confiar numa atitude convincente, por parte do grupo de jogadores. Não acredito em apenas 11 titulares fazendo história no futebol, mas é necessário ressaltar que esta será a inédita vez, na temporada, que o treinador irá repetir a formação do time, após 11 jogos oficiais, sendo nove pelo Pernambucano e dois pela Copa do Brasil 2007.

Portanto, a torcida deve continuar a chegar junto, comparecendo aos jogos, associando-se ao clube (aqueles que podem, financeiramente falando), e, assim, contribuindo para um Náutico cada rodada mais forte e competitivo. Os reforços continuam a chegar e a diretoria tem que manter a austeridade no trabalho que formação do grupo.

Não esquecer do que é possível fazer: tentar uma vaga na Sul-americana, durante o Brasileirão. Mas essa competição só começará em maio. Até lá, o Timba tem a Copa do Brasil como o aperitivo. Por falar nela, o Paysandu será o próximo adversário. Não se escolhe time para jogar e acho que teremos grandes chances de seguir adiante na Copa. Mas respeito e profissionalismo são parte do segredo para se atingir sucesso. É o Náutico rumo a Libertadores!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


8 + = 12

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>