TEMPO

Descanso, amistosos, modelo de jogo: como Náutico vai aproveitar 15 dias sem jogos
Depois da partida do último domingo, contra o Sete de Setembro, Timbu terá duas semanas até o próximo duelo oficial, no dia 21 de março, contra o Vera Cruz, pela terceira rodada do Campeonato Pernambucano

O Náutico terá 15 dias sem jogos oficiais, intervalo entre sua última partida, contra o Sete de Setembro, e a próxima, em 21 de março, diante do Vera Cruz, novamente pelo Pernambucano. O técnico Hélio dos Anjos já traçou o que fará com o grupo nesse tempo sem confrontos, longo para os padrões do futebol brasileiro.

Fazer amistosos

Esse será o eixo mais importante do trabalho do Timbu nos próximos 15 dias. A fim de evitar a perda de jogo, o time deve fazer amistosos nesse período. A tendência é que sejam dois, um no meio de cada semana inteira de trabalho.

Um deles deve ser contra o Pameira-RN, no dia 15, no CT Wilson Campos. O outro, se acontecer de fato, ainda não tem adversário definido.

— Vou fazer um amistoso no dia 15, uma segunda-feira, para colocar jogadores nas melhores condições, mas gostaria de ter pelo menos dois jogos nesses 15 dias valendo alguma coisa.

Igualar condicionamento físico e enfatizar modelo de jogo

O elenco do Náutico está heterogêneo do ponto de vista físico. Há jogadores que atuaram na Série B do ano passado, tiveram férias curtas e voltaram aos treinos cerca de 10 dias depois. Estão, portanto, “na ponta dos cacos”. Mas há jogadores que voltaram de lesões, como Matheus Carvalho, ou atletas que chegaram depois, como o lateral-esquerdo Rafinha, que demandam maior tempo para estar no mesmo nível dos colegas.

Por isso, segundo Hélio dos Anjos, o Timbu usará o tempo disponível para igualar o grupo na parte física. Mas não só isso: ele trabalhará o condicionamento de uma forma que atenda à exigência do modelo de jogo que o técnico busca para o Náutico, com um time competitivo, intenso e de forte volume de marcação.

— O importante é condicionar os atletas, deixá-los homogêneos na parte física, dar ênfase no modelo de jogo, que vai ser sempre nossa principal virtude, que é agredir adversário.

Repouso e recuperação

Antes de tudo isso, no entanto, o que o Náutico fará será descansar os jogadores desgastados e recuperar aqueles que tenham lesões simples, como o lateral-direito Hereda e o atacante Matheus Carvalho, que ainda não estrearam na competição.

O time jogou no domingo e só volta a treinar na quarta-feira, exceção aos atletas que não foram relacionados e a jogadores como o lateral-esquerdo Rafinha, que ainda não estreou e precisa de um trabalho físico específico.

+ Compre seus produtos da NauticoNET

+ Camisas Oficiais do Náutico N6 com 10% de desconto com o cupom NAUTICONET10

+ Tudo do Náutico em Vídeos: www.tv.nauticonet.com.br

Matéria: https://globoesporte.globo.com/pe/futebol/times/nautico/noticia/descanso-amistosos-modelo-de-jogo-como-nautico-vai-aproveitar-15-dias-sem-jogos.ghtml
Por: Rômulo Alcoforado/Globo Esporte Recife
Foto: Tiago Caldas/Comunicação Náutico

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


6 − = 1

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>